[AUTORES PARCEIROS] APRESENTANDO: DAN PORTO

Dan Porto
Olá pessoal!

Hoje vim apresentar à vocês o novo autor parceiro do blog. Foi uma grande surpresa receber o e-mail deste autor que detém um projeto literário muito interessante o qual estou muito feliz de poder conhecer e apreciar um pouco.

Dan Porto é um artista e escritor independente do Rio Grande do Sul, que como este mesmo diz vive por ali no entre-mundos. É autor de uma série poética em que o autor se propôs escrever em seis meses. Esta Série Poética é uma novidade do autor, que não se diz poeta, nem apenas escritor, mas artista. E mais novidade ainda são os desenhos de Just it, algo jamais compartilhado pelo autor por conta de um trauma de infância.

JUST IT 

O livro é composto por poemas e desenhos inéditos. Os desenhos seguem uma proposta experimental, tanto no que trata da técnica como em relação à edição digital, às vezes se integrando aos poemas e em outras podendo evocar o próprio poema! A poesia não se propõe a ser uma experimentação de linguagem, as imagens poéticas retratam a expressão da emoção ou do sentimento do autor sobre ou sob o espaço em que vive, ama e sofre, mas a palavra é escolhida e falada! E eis o resgate: antever a palavra, mastigá-la antes de dizê-la no papel ou na boca.

JUST IT pode ser contemporâneo porque pretende acompanhar a virtualidade das relações, os giros dos mundos e a velocidade com que os sentidos são estimulados. Joga com o amor e com a biografia do autor, pode ser comido, bebido, lido no celular, recitado na cama antes de dormir, enviado como um presente, encenado ou até mesmo pode virar filminho para a web. Ele, o livro, aceita reclamação, elogio, sugestão, mas também aceita histórias de amor, sonhos, fome e fotografias do vazio. Quem quiser e tiver tempo pode criar perfil fake em rede social e citar nas conversas com os amigos... foi feito para ser vivenciado e compartilhado com o maior número de pessoas possível, seja uma frase, um desenho, uma palavra, qualquer coisa... liberte-o, liberte-se a si mesmo, diga que ama, que odeia, que deseja, que não quer mais, JUST IT serve para viver junto...

Neste primeiro livro os sentidos estão confusos, borrados, maculados. 



CARMÉNÈRE 


Carménère é o segundo livro da série que começou com Just it, lançado em julho. Possui essência de antigo, romântico, nômade, sexual. Surge de um passeio em busca de vinho e liberdade, com a alma mergulhada no anonimato e totalmente disposta. 

No primeiro livro os sentidos estavam confusos, borrados, maculados. Neste segundo, eles estão estourados e homenageados.






XILEMA 

Xilema é o terceiro livro da Série Poética, cujo objetivo foi aprofundar a vivência na identidade humana. No primeiro livro os sentidos estavam confusos, borrados, maculados. No segundo, estiveram estourados e homenageados. E neste terceiro há um equilíbrio das sensações, aterrando memórias e vivências no meio da natureza, da floresta e na essência da alma humana.

“Just it foi um passeio por temas que me importam e um jogo criativo. Carménère se ergueu nas memórias da rua e dos sentidos alterados. Xilema é fruto de reflexões acerca da vida e das formas como vivemos no planeta. Caso seja verdade que aquilo que produzimos carrega nossa energia do momento, Xilema é o líquido de minhas memórias, a essência grossa e viscosa dos meus pensamentos.

Xilema foi o princípio da série, mas acaba por ser o fecho porque ele me serviu como um totem, um símbolo que se ergueu durante todo o processo e foi se fazendo ao longo de seis meses. Enquanto produzia Just it, Xilema mantinha as minhas memórias bem guardadas e quentes. E em Carménère, foi o meu norte para que não me perdesse e deixasse de acreditar em quem eu realmente sou.”



OUTRAS OBRAS

Dan Porto também autor de

  

Saiba mais sobre cada um clicando na imagem. 


ENFIM....

Em breve, você poderá acompanhar algumas resenhas referentes a obra deste autor brasileiro com um obra inteligente e criativa, que merece ser lida e conhecida. Fiquem ligados! 

Saiba mais no site do autor: http://danporto.com/

Jônatas Amaral

Sou Jônatas Amaral, 22 anos. Paraense, Brasileiro. Formado em Letras - Língua Portuguesa. Um sonhador por natureza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário