Eu amo poder te ler.




Eu amo poder te ler.

Porém, sabia que um dia lendo seu coração, seus sentimentos, leria e saberia que nessas páginas eu me encontraria no posto de um personagem; um personagem simples o qual tenho que aceitar, afinal sei que nas páginas de sua vida é o melhor que posso ser e preciso me contentar, porque te amo.

Eu amo te ler.
Contudo, confesso que te ler agora é um sofrimento somado a uma felicidade cativante e insana.


Queria que essas palavras por ti escritas se referissem a esse singelo príncipe sem reino, amigo dos povos que sou eu. Não posso me enganar, elas não são sobre mim e penso que é melhor mesmo que não sejam, afinal não sou um príncipe encantado que resolve tantos conflitos no final dos contos de fadas, porém sou um fiel escudeiro. E será assim que serei feliz ao seu lado.



Outubro de 2015.
Por Jônatas Amaral

Jônatas Amaral

Sou Jônatas Amaral, 22 anos. Paraense, Brasileiro. Formado em Letras - Língua Portuguesa. Um sonhador por natureza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário