[PRIMEIRAS IMPRESSÕES] Sobre o livro "A Mais Pura Verdade" de Dan Gemeinhart



Foi uma grata surpresa receber em minha casa um pacote da Novo Conceito, trazendo uma pequena mostra do seu novo lançamento; o livro "A Mais Pura Verdade" de Dan Gemeinhart.

Acoplado a ideia da editora de ler uma pequena mostra da história, veio a minha ideia de seguir com algumas primeiras impressões de outros livros, séries e filmes, que acabo tendo contato. Seja em um trailer, o prólogo de um livro, o piloto de uma série, tudo nos causa primeiras impressões.

Sendo assim, aqui é lançado a nova coluna do blog que será chamada, básica e simplesmente, de PRIMEIRAS IMPRESSÕES.



MINHAS PRIMEIRAS IMPRESSÕES SOBRE O LIVRO


"A MAIS PURA VERDADE" DE DAN GEMEINHART

"- Sei lá. Acho que eu gosto... eu gosto... do sentimento de captar alguma coisa. De guardar alguma coisa." (P.78)

Este livro conta a história de Mark, como diz a sinopse "em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal". Mas, que por certo motivo decidi fugir de casa e para nossa surpresa viajar quilômetros de distância afim de escalar o topo de uma grande montanha chamada Monte Rainier. 

Ele sai de casa ao lado de seu cachorro Beau, uma máquina fotográfica, um caderno, passagem compradas com antecedência, equipamento de alpinismo e remédios. Sim. Mark está doente. Muito doente.

O que levaria um garoto, que eu imagino pela forma que age, ter por volta de 10 a 12 anos, fugir de casa em suas condições, deixar um bilhete a melhor amiga, e largar tudo? Todo Resto?

É mais ou menos essa pergunta que ficou na minha mente ao longo das aproximadas cem páginas que eu pude apreciar da obra.

É um história que me surpreendeu pelo protagonista e suas atitudes. Assim como me surpreendeu até por muita coisa acontecer em um espaço de tempo e páginas, sem se tornar rápido demais, nem lento demais. Na Medida Certa.

É uma história que emociona e faz pensar.

Algo me incomodou? Sim. A constante lembrança e reafirmação do titulo "A Mais Pura Verdade". Essa frase se repete em vários momentos do livro. Achei, por vezes, desnecessária. Detalhe ínfimo, diante da grandeza da história.

"Isto é uma coisa que eu não entendo: por que desistir sempre parece bom até que você o faça" (P. 63)

Logo, A Novo Conceito deve trazer aos leitores brasileiros, a partir do dia 23 de Março, uma história sobre o qual as atitudes de seu protagonista são a cada página ainda menos previsível. Além de um trama bem amarrada, com personagens extremamente humanos. Com conflitos extremamente humanos.

Essa é a mais pura verdade.

Por Jônatas Amaral

Jônatas Amaral

Sou Jônatas Amaral, 22 anos. Paraense, Brasileiro. Formado em Letras - Língua Portuguesa. Um sonhador por natureza.

Um comentário:

  1. Bah, essa 'premissa' desse livro tá sendo tão bem falada pelos blogs que a curiosidade aqui só aumenta.rs Que bom que vem mais um lançamento bom da editora <3

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir