[ESPECIAL] Eu sou o que Deus diz que eu sou...

sexta-feira, janeiro 10, 2014




Ele se olha no espelho e reconhece a aparência de um jovem que cresceu, amadureceu, mas que continua com este coração infante, sonhador.

O tempo ensinou a ele o quão valiosa é a verdadeira amizade. Amar até aquele que mal conhece.

A vida o ensinou a olhar nos olhos das pessoas e extrair do interior de cada um o menino e a menina que muitos tentam enterrar, mas nunca morrem.

O tempo passou, o vento levou e trouxe marés de alegria, tristezas, de batalhas, de vitórias...

As pessoas chegaram a se aproveitar da leve ingenuidade que ele tinha, assim ele aprendeu a desconfiar, mas jamais deixou de acreditar na bondade, no potencial de cada um. Ele aprendeu a perdoar incondicionalmente.

Eu nunca vi aquele garoto deixar de sonhar. Eu nunca presenciei a infância sumir por completo de sua vida. Ele tornou-se um homem, ele sabe que agora lhe cabe responsabilidades, mas obtê-las, como ele sempre diz, não significa torna-se frio, duro, ranzinza, sem fé.


Ele acredita na magia da vida e quer vivê-la, enfrentando os perigos e aventuras que ela oferecesse. Caminha firme em um caminho estreito, desviar dele, nunca passou por sua cabeça. Nesta terra, sabe ele, só tem essa vida para viver e ele quer vivê-la sob a luz da palavra que é a mesma hoje, ontem e sempre.

Se ele tem medo? Sim. Já teve medo de não ser importante. Medo de nunca amar alguém a ponto de subir ao altar. Medo de ser esquecido. São medos de um jovem, que tem os superado a cada dia.

Julgar. Este jovem nunca conseguiu fazer isso. Sabe que não cabe a ele. Porém, lembro-me agora, Julgar? Ele só julga um alguém: Ele mesmo. O avalia de todas as formas, e eu não vejo como um defeito, a não ser quando ele exagera.

Este jovem é amigo, quando ninguém é. Amizade, um dos sentimentos mais valiosos. Tem o dom de sempre ver o lado bom das coisas.

Podem vir perseguições, armadilhas, pressões, tribulações, infâmias, mas nada disso o faz desistir, e mesmo quando o mínimo pensamento de desistência aparece na sua mente, um gigante que mora em seu coração, o levanta.

“O tempo continua a passar para todos, amadurecer é vital. Endurecer o coração é a morte”. 

Levar o amor de Deus é o que lhe cabe, assim como a milhares. É a opinião de Deus que mais vale para ele.




Ele sempre diz: “Eu sou o que o Deus diz que eu sou”

Ele está crescendo, a Bíblia, o tempo, a família, a idade... tem ensinado muitas coisas e uma das principais é que o coração, o nosso coração, o coração dele precisa ser assim, sempre, como de uma criança.

Se eu conheço verdadeiramente esse jovem? Se ele Existe? 

Sim. 

Eu vejo reflexo dele todos os dias quando olho no espelho, e sabe de uma coisa, depois de 19 anos, eu posso dizer... Eu tenho muito orgulho dele! 

Eu sou feliz! Eu sou o que Deus diz que eu sou!

E Ele diz que eu sou Dele. Que Eu sou um Valente de Deus!



Jônatas Amaral
19 anos 
10/01/1995

You Might Also Like

1 comentários

  1. Que post mais sincero, mais despido e direto. O verdadeiro retrato de um coração voltado pra Ele.

    ResponderExcluir