[OSCAR2013] Veja "O Lado Bom da Vida"

domingo, setembro 29, 2013


Pat (Bradley Cooper) é um jovem senhor que perdeu tudo na vida: casa, emprego e a esposa. Ficou durante algum tempo em um sanatório. Ao sair, Pat passa a morar com os pais e está decidido a reconstruir sua vida. Agora com uma nova filosofia. Contudo, seu novo plano muda ao conhecer Tiffany (Jeniffer Lawrence), uma jovem viúva e misteriosa que tem lá seus problemas. Ela é um ponto chave para que Pat recomece sua vida.

Esta é a história retratada no filme “O Lado Bom da Vida” (Silver Linings Playbook, The Weinstein Company, 2012) , dirigido e roteirizado por David O. Russel, que baseiou-se no livro de mesmo nome escrito por Matthew Quick.

O filme possui uma qualidade incrível. David O. Russel focou bastante na atuação do elenco, o foco são os personagens e suas vidas, e claro, é lindo ver cada um deles brilhar.

Bradley Cooper (Pat) traz uma atuação que leva o espectador a entender cada sentimento: mostra que sabe fazer rir e fazer parte de um drama, de emocionar. Neste filme ele me surpreendeu e faz com que se queira mais desse talento.

atriz de jogos vorazes e ator de se beber não case
Bradley Cooper e Jennifer Lawrence
Jennifer Lawrence é sem dúvida uma das melhores atrizes da atualidade. É incrível como ela “se joga” em um papel. Ela em “Jogos Vorazes” é a guerreira, sangue frio, já aqui com Tiffany mostra outra faceta: imprevisível, inconstante, vivacidade... Ela transformou Tiffany em uma personagem mais incrível do que ela já era. 

Ela ganhou o Oscar de Melhor atriz em 2013, por este filme e mereceu de fato, apesar de estar ao lado de outras grandes atrizes que também brilharam e merecia tão quanto. Creio que Jennifer Lawrence está trilhando uma carreira fantástica.


Robert De Niro (Patrick, pai de Pat) e Jacki Weaver (Dolores, mãe de Pat) são duas preciosidades nesse filme. Robert, mostra um trabalho que há tempos não mostrava, você sente uma alegria, uma dedicação ao papel refletindo dele. Jacki, é lindíssima. Todas as vezes que ela é focalizada pela câmera ou não você sente no olhar dela os sentimentos daquela mãe. Ambos foram indicados ao Oscar de melhor ator e melhor atriz coadjuvante por esses personagens.

Como disse antes, Roussel parece focar nos atores, creio que isto explica o fato de que das 8 indicações ao Oscar esse ano, metade estava na categoria atuação.

O roteiro adaptado por David O’Russel é singular. Há diversas modificações feitas a partir do livro para o filme, porém é algo muito bem feito. O roteiro mantém a essência do que Matthew Quick escreveu, contudo trilha outro caminho, levando ao mesmo final, previsível de certa forma, mas como a história até ele é contada é de cativar.

Mais uma vez eu ressalto as duas obras são fantásticas; há coisas no livro que não funcionariam no filme. Ambos são absolutamente belos, cada um com suas peculiaridades. Logo, esses são um dos motivos principais pelo qual David O. Russel recebeu a indicação ao Oscar de Melhor diretor e Roteiro.


filme foi um dos melhores deste ano por trazer algo da elementar e importante: O Recomeço de uma vida. No qual te pode fazer rir, chorar, tomar atitudes extremas, modificar seu modo de pensar e até fazer coisas que você nunca fez.

Recomendo este filme, SEMPRE, a todos que desejam ver algo singular, simples e complexo ao mesmo tempo e àqueles que amam aprender, a tentar ver o lado bom da vida e também para aqueles que ignoram isso.


Por Jônatas Amaral

You Might Also Like

2 comentários

  1. Vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabéns pelo cantinho.
    Gostaria de te convidar para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir ou curtir a fanpage também,será muito bem vindo!

    http://emcasademaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Maria.
      Seja Muito bem Vinda, e espero que curta bastante neste espaço.
      Com certa vou visitar sua "casinha" do link.
      Até Mais!

      Excluir

DIA DO ESTUDANTE AMAZON