Reestruturar e Conscientizar

quinta-feira, abril 19, 2012

Desestrutura familiar, violência, abandono, falta de escolas e educação de qualidade, são alguns dos principais fatores que têm levado cada vez mais crianças ao mundo do crime, e que por sem inimputáveis, essas crianças têm se tornado um "bom negócio" para as terríveis gangues.
A Criminalidade infantil não é algo novo, mas vem piorando a cada dia, e muito já se debate para conseguir um meio de solucionar esse problema; tem-se a proposta de diminuição da idade penal, porém essa proposta está longe de resolver o todo o problema. Para resolvê-lo é preciso ir fundo e chegar na raiz do problema, a desestrutura familiar.
Muitos menores entram para o crime por falta de diálogos, carinho, educação... Assim como há crianças que já nascem no meio do crime, crescem com pais que já são, por exemplo bandidos, então é necessário a criação de projetos que visem à retirada de adultos do crime e também as crianças, e projetos que evitem que essas crianças entrem nesse meio.
A escola Augusto Meira, em Belém/Pa, possui um projeto interdisciplinar - premiado - de escrita, cálculo e combate à violência, que além de ministrar o conteúdo, educa e mostra aos alunos do ensino médio que o mundo do crime é o pior caminho; projetos como esse se fossem implantados em todas as escolas, desde o ensino fundamental, ampliados para outros formatos, para a mídia, ações sociais, com certeza teríamos uma significativa redução de crianças no crime.
Portanto, resolver o problema da criminalidade infantil é difícil, mas com um investimento pesado na reestruturação de famílias e na conscientização podemos chegar a solução desse problema.
 

You Might Also Like

0 comentários

DIA DO ESTUDANTE AMAZON