Uma crítica à crítica

Qual a maneira mais fácil de desagradar?
Tentar agradar a todo mundo. Mas nem tente, se sua voz é grossa , alguém vai gostar de voz mais suave, fina. Sua altura é mediana alguém vai preferir a estatura mais alta. O conjunto de cores da sua roupas deve estar parecendo um lixo para alguém. Você gosta mais salgado. Outro gosta de insosso. Um pega a esquerda. O Outro se solta na direita. Uns andam devagar, outros saem em disparada. Eu gosto de dia para trabalhar. Outros preferem a noite. E por ai vai a variedade infinita de diferenças de opiniões e gostos.
O que deve provocar o saudável exercício da tolerância, somos diferentes uns dos outros. Vivemos nos estranhamos em algumas posições, mas... cada raça dita inteligente, temos que interagir, conviver e planejar um futuro seguro para a nossa especie. Assim, devemos diferenças, ideias novas ou contrárias... e aprender com isso.
A negação nos imobiliza.
A soma nos faz crescer.
Deixe que seu amigo faça o projeto dos seus sonhos e compartilhe de sua alegria.

Maurício de Souza.
(texto retirado da coluna Fala Maurício da revista Turma da mônica jovem ed. 41)